Tudo o que eu preciso eu encontro em mim!

sábado, 10 de julho de 2010

De todo e qualquer jeito!





Eu amo você de qualquer jeito.
Amo quando você grita comigo com razão e quando sussura ao meu ouvido;
amo quando vem me pegar na porta de casa ou quando me encontra pelo caminho;
amo quando beija minha mão ou quando toma conta de todo o meu corpo;
amo quando assistimos filme de drama ou de romance;
amo quando dorme comigo de conchinha ou quando fica todo emborcadinho pedindo cafuné;
amo quando eu peço e você deixa o cabelo crescer;
amo quando diz que me ama e quando demonstra sem dizer;
amo quando deito no colchão fofinho da tua cama ou quando a gente vai pra o sofá do quintal contar estrelas e esperar a veruga nascer;
amo quando me olha fixo de longe e quando de perto disfarça pra eu não ver;
amo o teu cheiro quando acaba de sair do banho e também depois do dia de trabalho;
amo quando me abraça forte ou só quando repousa o braço sobre mim;
amo quando faz carinho em mim e amo mais ainda quando fica se revirando,cheeeeio de dengo, como um gatinho pidão;
amo o jeito que olhas pra tudo em volta e o jeito que olhas pra mim;
amo desde o selinho molhado até os beijos que me deixam sem fôlego;
amo quando te abraço com frio e quando me esquenta por baixo de um lençol  quentinho;
amo quando briga sem razão e mais ainda quando implora por desculpas;
amo o teu jeito e expressão de preocupado e de quando está seguro;
amo quando nos amamos no claro, olhando um pra o outro, ou quando nos achamos no escuro;
amo te conhecer tão bem e explorar as carências que só eu sei;
amo o teu sorriso discreto e quando se expande no mais lindo dos que vejo;
amo quando fala o que quero ouvir e mais ainda quando não consegue expressar direito;
amo teu olhar, teu rosto, teu gosto, teu cheiro;
amo quando tenta disfarçar algo ou quando abre o jogo sem medo;
amo teu jeito homem de ser e mais ainda o teu jeito muleque;
amo todas as suas qualidades e também os seus defeitos;
eu amo você inteiro, o que falta, o que sobra e até o que eu não vejo.



Nenhum comentário: