Tudo o que eu preciso eu encontro em mim!

domingo, 27 de junho de 2010

Eu não consigo não amar você.








Eu sabia que de quinta- feira não passava, depois de  ter te visto na quarta ao acordar e na sequência do teu " bom dia!"
Pronto, quebrou o gelo, a raiva ou o que fosse que estivesse entalado.
Você me pega facinho mesmo.
De cabelo grande e bagunçado, olhinho pequeno de sono ainda e a voz roquinha ao meu ouvido...  pronto, já não tenho mais opnião, nem razão.
E é você a única pessoa que consegue fazer isso comigo.
É só com você que eu desligo 'minha mania: auto analise e crítica' que faço a qualquer um que passa na minha frente... e mesmo com tantos erros eu vejo tudo perfeito, porque é o que parece ou é, não sei, quando estou com você.
Você me tira de mim só com um olhar, e é por causa de um sorriso que vem junto que eu sou inteiramente tua.
Mas quinta foi diferente.
Diferente e mágico demais.
Eu não sei nem explicar, nem deveria.
Eu não quero(nem sei) desvendar pra ninguém o encanto que é amar você.
A única coisa que eu sei é o que sinto.
E eu acho que mais do que nunca e depois de tudo, é com a mais intensa convicção que eu digo: EU AMO VOCÊ MESMO!
Pronto,falei. =p

Nenhum comentário: